Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pensamentos a Nu

Os meus pensamentos mais pessoais ... um pouco de mim ...

Pensamentos a Nu

Os meus pensamentos mais pessoais ... um pouco de mim ...

31
Mar08

Utopia

pensamentos.a.nu

Tivesse eu uma "varinha de condão" ... e mudava tudo ... mudava o mundo!

Mudava, por exemplo, esse "obstáculo" que, mesmo sendo invisível,  existe entre nós! Mas, será que é mesmo isso que eu quero??? E tu, o que queres???

Porque sinto esta angústia em relação ao nosso futuro? Não deveria eu deixar de me preocupar com isso e viver intensamente o presente? Presente este que de facto, para mim, é um presente que a vida me dá! Afirmo tantas vezes que se tudo terminar, não vou ficar a lamentar-me o facto de ter acabado mas sim, relembrar com alegria os bons momentos que vivemos juntos! Digo vezes sem conta, em alto e bom som, que devemos gozar a vida ao minuto, ao segundo, aproveitar tudo de bom que ela nos oferece mas, quando falo para mim mesma, sei que não é assim tão fácil! Se fosse, não teria estes momentos de angústia, esta sensação de vazio quando imagino que te vou perder!

Um dia destes (maravilhoso por sinal) dizias-me que também tu tinhas medo de me perder e que, também por isso, tudo o que fazias, querias que fosse inesquecível, para teres a certeza que eu nunca te esqueceria ... mas sabes, meu anjo, o passado (bom ou mau) nunca se esquece, não se pode simplesmente passar uma borracha e esquecer tudo ... nem eu quero esquecer ...independentemente do que o futuro nos reserve, serás sempre especial para mim ... e portanto inesquecivel!

Neste momento, ouço uma música de Mafalda Veiga - "Em cada lugar teu" que diz na sua letra: "... mesmo que a vida mude os nossos sentidos, e o mundo nos leve para longe de nós, e que um dia o tempo pareça perdido e tudo se disfaça, num gesto só; eu vou guardar cada lugar teu, atado em mim, em cada lugar meu, e hoje apenas isso me faz acreditar, que eu vou chegar contigo, onde só chega quem não tem medo de naufragar" ... e eu, não terei medo de naufragar???

Hoje sinto-me estupidamente esquesita ... emaranhada num turbilhão de sentimentos ...  de mal comigo e com o mundo ... e até meio confusa, não????

Tivesse eu o dom ... e mudaria o mundo ... seria o meu mundo ... o mundo onde todos os que amo seriam felizes ... seria o mundo perfeito ... uma utopia, eu sei, mas sonhar ainda não paga imposto! E, como tal, sonho com esse mundo maravilhoso ... um mundo feito à minha medida... contigo ao meu lado Di!

 

28
Mar08

Exemplo de vida (que dedico a ti minha grande amiga, minha alma gémea ... meu outro eu)

pensamentos.a.nu

Tem sempre presente que a pele enruga ...

O cabelo embranquece,

Os dias convertem-se em anos...

Mas o que é importante não muda...

A tua força e convicção não têm idade.

O teu espírito é como qualquer teia de aranha.

Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida.

Atrás de cada conquista vem um novo desafio.

Enquanto estiveres viva, sente-te viva.

Se sentires saudades do que fazias, volta a fazê-lo.

Não vivas de fotografias amareladas...

Continua, quando todos esperam que desistas.

Não deixes que enferruge o ferro que existe em ti.

Faz com que, em vez de pena tenham respeito por ti.

Quando não conseguires correr, caminha.

Quando não conseguires caminhar, usa uma bengala.

Mas nunca te detenhas!!!!!!!!

Nunca te esqueças minha linda que as coisas duram o tempo necessário para se tornarem enesquecíveis ... e eu estarei SEMPRE aqui!!!!!!!!!!!!!!

Amo-te

28
Mar08

Tanto que te quero dizer Di ...

pensamentos.a.nu

"...tanto te quero eu dizer que as palavras se confudem na minha boca e já se solta a não ser esta vontade louca de te ter aqui...queria escutar a melodia dos teus passos a vir até mim deixando-se conduzir pelo amor, queria escutar o som desse suor frio, esse que se sente quando se chega de alguém que nos desperta as mais belas sensações em segundos, queria escutar o som desse suor frio a percorrer os caminhos da tua face até se perder pelo canto da tua boca, essa que me chama e tanto medo tenho que se feche e não me chame mais...quero partilhar contigo este amor cristalino e límpido como água...tenho sede de ti...sede dos teus beijos, desse abraço forte, desse abraço repleto de tanto que só tu sabes oferecer-me, sede das tuas palavras sempre certas que se transformam em alimento dos meus dias, sede de ti!"

26
Mar08

...

pensamentos.a.nu

Hoje apetece-me escrever ... mas nem sei bem o quê!!!! Apenas sei que me apetece escrever sobre o amor, sobre ti, para ti! E, se conseguisse descrever tudo o que sinto, tudo o que me fazes sentir ... não chegaria um post, nem dois, nem três ... mas não se consegue expor tim-tim por tim-tim num papel, num blog o que o amor nos faz sentir ... nem mesmo por palavras!

De dia para dia consegues surpreender-me ... e sempre pela positiva meu anjo!

Dizes-me vezes sem conta que só eu conheço essa tua faceta ... esse teu lado meigo, esse teu lado doce ... ainda me consegues deixar KO!

Ainda ontem ... meu amor ... deixas-te-me sem palavras ... logo eu que tenho tanta letra!

Estava eu nas minhas teorias, nas minhas filosofias dizendo-te que nada na vida acontece por acaso ... que tudo tem um propósito só é preciso descobrir qual ... que por algum motivo os nossos caminhos se cruzaram (novamente) e que podemos percorrer juntos o mesmo caminho, muito ou pouco tempo ... e distraida, nem percebi que me fazias uma declaração no vidro do carro ... como demonstra aqui a foto ... é claro que este vidro é de um espelho e não de um carro ... mas não consegui arranjar!

Se calhar, para muitos comuns mortais, que não te conhecem ... esta declaração pode ser banal, mas conhecendo eu como te conheço e sabendo como és ... digo-te ... esta declaração foi a declaração mais original que algumas vez recebi ... e, é claro, tocou-me como nenhuma outra ... bem cá dentro!

Como tu costumas dizer ... entras-te mesmo!

Da tua chungariazinha

26
Mar08

Amizade bloguista

pensamentos.a.nu
Após algumas trocas de comentários a post ... tive "direito" a um post do meu amigo bloguista que decidi partilhar pois, acho que de facto a troca, a partilha, a amizade é algo de tão grandioso que não necessita de rosto, de presença física para se sentir.
A ti meu novo amigo ...
Terça-feira, 25 de Março de 2008
Resposta a Uma Amiga.
De pensamentos.a.nu a 25 de Março de 2008 às 10:41
Oi amigo bloguista!
Andei aqui a cuscar o teu blog e .. uiiiiiiiiiiiiiiii ... tanta raiva, tanta angústia, tanta revolta tens dentro de ti! E se transformasses tudo isso em pensamentos positivos??? Acredita que é o melhor remédio!
Espero que essa "má onda" passe rápido.
Fica bem
bjs



De facto o meu blogue não está repleto de coisas lindas,... de "passarinhos que voam felizes e livres",..
ou de um mundo de "elfos risonhos e mágicos", que se passeiam pelos bosques, felizes .

Agora falando sério, penso que me encontro num campo da vida que passa por processar e canalizar bem estes acessos de raiva...
Mas contudo, não até que ponto depende de mim....
Porque apesar de me achar uma pessoa normal,  sou muito condicionado pelo passado,... consequentemente, pela depressão, evitamento, anti-socialização, talvez até misantropia, nem sei!

Já fui aconselhado pela minha psiquiatra a fazer terapia a tentar mudar a minha forma de ver os outros e de encarar a vida, mas ainda não o fiz por uma simples razão:
"Até que  ponto é que estou disposto a mudar?"
" Até que ponto é uma perda de tempo e dinheiro"

Continue a visitar o meu blogue e a deixar-me as suas opiniões , pois fazem-me reflectir.
Acho que vou começar a ler o seu mais vezes ,porque me parece muito bem centrado com os pensamento de positividade.
BJ* *
 

Comentários:
De pensamentos.a.nu a 26 de Março de 2008 às 11:36
Olá amigo!
Bem ... como podes ver, sou "cusca" assidua do teu blog e bem ... fiquei quase (e digo quase porque para mim isso é impossivel... hihihi) sem palavras ... quanta honra!
De facto meu amigo, os blogs são como a nossa vida, não são repletos de coisas boas ... uns diriam "antes fosse" ... mas será que seria mesmo??? Será que a aprendizagem que fazemos com os desgostos, com os trambolhões não nos fazem crescer e aprender??? Será que não é por isso que somos quem e como somos???
De facto temos que canalizar as coisas negativas (como a raiva) e transformá-las em coisas positivas! E sabes, acho que depende mesmo de nós! É evidente que na vida há muitas condicionantes e nem sempre as coisas acontecem como esperamos que aconteçam ... mas, se temos obstáculos no caminho A, ficamos parados à espera que fique desbloqueado ou tentamos novo rumo pelo caminho B???? Eu sou da segunda opção ... parar é morrer ... e pior que morrer no fim da vida ... é morrer para a vida! Ahhhh ... e pelo passado somos todos condicionados, ou não? Ele existiu e fará sempre parte de nós ... as coisas boas recordaremos com saudade ... as más ... bem essas se nos fizeram aprender algo também não é tão mau assim, dói mas tudo passa!
Acho que a tua psiquiatra tem toda a razão (será por algum motivo que seria uma das profissões que gostaria de ter????) ... tens de facto que ver a vida e os que te rodeiam de outra forma ... mas tens que estar disposto a fazê-lo ... ninguém o poderá fazer por ti... podemos ajudar ... mas tens que dar o primeiro passo amigo! E não penses que o apostar em ti, em seres alguém melhor é perda de tempo!
Bem ... acho que já me alonguei demais nas minhas "teorias" mas penso que deves ter entendido que nem sempre fui assim ... as travessuras da vida fizeram com que mudasse os meus pontos de vista e por isso, sinto necessidade de ajudar quem se encontre numa situação que conheço bem!
Fica bem
Bjs de uma amiga sempre ao dispôr
17
Mar08

Completamente In Love

pensamentos.a.nu

Quantas vezes lutei contra mim própria? Quantas vezes lutei para não sentir o que sinto por ti? Quantas vezes fiz de conta que me eras indiferente, que não sentia a tua falta? Mas este fim de semana disse basta, para mim mesma!!!!!

Já não adianta lutar para não sentir o que já está entranhado em mim ... este fim de semana tive certeza, ganhei confiança e abri-te o meu coração... e sei, tenho a certeza que sentes o mesmo! Não vou lutar mais contra algo de tão belo que nos une ... vou deixar fluir, vou-me deixar levar ... o que tiver que acontecer, acontecerá!

Com a vida aprendi ... que mais vale ser decidida e arriscar estar errada, que passar a vida angustiada e ter razão tarde de mais!

Não sei bem explicar o que me encantou em ti ... se calhar foi o descobrir esse ser doce, meigo e até, por vezes, frágil, por detrás de um homem aparentemente forte, inquebrável!

Sempre que estámos juntos ... sentimo-nos na lua, somos inatingivéis, o mundo é nosso! Depois, devagarinho ... vamos descendo à terra e colocando os pés bem acentes no chão ...os nossos corpos separam-se por horas ou até dias ... mas o nosso sentimento fica unido e isso, torna-nos mais fortes!

Quando me lembro de ti, em tempos passados ... juro que nunca imaginei seres assim ... um ser que me entende e não me julga, que me mima, que me dá o ombro, que me faz rir (como adorámos rir), que me diz para nunca desistir, que vou vencer, que vou ser feliz!

És o meu anjo, aquele que me faz sentir menina, ao mesmo tempo que me faz sentir muito mais mulher!

Deixo-te aqui a palavra que costumas soletrar .... (tu sabes qual é, não é Di?)

 

 

 

 

12
Mar08

Mulher madura ...

pensamentos.a.nu

Hoje sinto-me uma mulher madura. Sou uma mulher que sei o que quero … já vivi amores … já tive alegrias, já sofri dores … por ser mais experiente, tornei-me mais exigente … não quero sofrer novamente … não me deixo levar por um repente … quero saber-me amada, quero ser bem conquistada … ainda que seja um amor de momento … que talvez vire um tormento … tem que ser sincero … tem que haver sentimento, mesmo que não perdure, que seja eterno enquanto dure … não quero aquele amor apressado … tem que ser controlado … o antes, em preliminares, bem demorado … o durante, que seja delirante …o depois, que dure bastante … nada de virar para o lado, é frustrante … tem que ser com bastante carinho, muito beijinho, muito miminho … o antes, o durante e o depois … tem que ser com amor, com bastante calor. Quem me conquistar, tem que saber amar … eu quero companhia, com muita harmonia … quero vida compartilhada. Quero meu espaço respeitado, pois foi duramente conquistado, quero amor, quero carinho e também consideração … Enfim, quero ser tratada como mulher, que soube seu caminho escolher, que nem sempre soube viver mas está a aprender.

Saibam conservar o amor, o carinho da mulher madura … porque este sim, fica … e perdura …

12
Mar08

Amar é ...

pensamentos.a.nu

Amar...

É querer estar perto de quem se ama...
É sentir falta, quando não se está perto...
É se sentir feliz com simples gestos de carinho...Com algumas palavras doces...
É se sentir no lugar mais seguro do mundo, quando se está nos braços da pessoa amada...
É querer que o ser amado faça parte de sua vida...
É querer ver o ser amado feliz...E para isso fazer o que se pode para ver um sorriso estampado no rosto de quem se ama, em lugar de lágrimas...
É desejar do fundo do coração que o amor dê certo...
É querer consertar os erros que por ventura ocorram para não ver a quem se ama triste...
É ter (muito) medo de perder...
É ficar feliz só em ouvir a voz da pessoa que se ama, mesmo quando ela não pode estar perto...
É querer dar o melhor de si pelo ser amado...
É nunca brincar com os sentimentos de quem se ama...
É nunca querer ver lágrimas de tristeza nos olhos de quem se ama...
É querer ver o outro bem sempre...
É cuidar...É proteger...É defender quem se ama...
É apoiar quem se ama nas horas necessárias...
É dar valor às pequenas coisas que o ser amado faz por nós
É ficar puto da vida com quem causa alguma mágoa ou tristeza em que se ama...
É não fazer joguinhos de conquista
É ceder, às vezes, em prol da felicidade comum...
É não deixar o ser amado com dúvidas...E sim, dar segurança emocional...
É demonstrar, diariamente, não por obrigação, mas por puro prazer o quanto se ama a pessoa amada...
Sem vergonha de parecer careta...Sem medo do que os outros vão pensar...
É ser sincero sempre...
É não economizar afeto, achando que assim estaria se tornando vulnerável, diante do ser amado...
É, enfim, amar de todas as formas possíveis...Mas com o coração...
Não 30% ou 50%...É amar 100%...

Para ti Di

11
Mar08

Haverá amor como o primeiro?

pensamentos.a.nu
 

A questão é pertinente e muitas vezes penso nela. Pergunto-me se é possível amar duas vezes, se é possível amar como da primeira vez. Pergunto-me se depois da primeira vez é mesmo amor ou se é apenas um gostar forte, uma paixão, um comodismo, uma vontade.

O primeiro amor deixa marcas para sempre. Se for mesmo amor. Eu não acredito em relações de meses, paixões assolapadas que acabam como começam, uniões ocasionais com sentimentos à mistura. Acredito em relações fortes, em sentimentos que não controlamos, no amor cru que nos impede de falar, de raciocinar, de saber estar. Não misturo o amor com paixão. O amor segue-se à paixão e cola-se à pele sem dela querer sair. E quando o queremos arrancar ele lá está... eventualmente, para sempre.

O segredo será aprender a viver com ele, com o primeiro amor que se nos cola ao corpo? Ou o novo amor, a nova relação, a nova união transforma esse primeiro sentimento numa sensação mais serena, mais capaz, melhor? Não sei...

O primeiro amor é infantil, ingénuo, colhe-nos a alma e circunscreve-nos os reflexos. O pensamento retrai-se e fica apenas um batimento acelerado, desprotegido, tão bom que chega a saciar. Quando acaba é arrasador, destrutivo, decepcionante. Mas acabará, de facto? Ou será que vivemos para sempre com ele? Poderá alguém livrar-nos de um primeiro amor?

Crescemos com ele, habituamo-nos a ele, vestimos-lhe a cor. O primeiro amor é assim como uma borboleta que nos poisa no braço e ficamos quietos com medo que fuja, não queremos assustá-la... Então, ela bate as asas devagar e prende-nos a respiração. Observamos-lhe a beleza e fixamos nela os nossos olhos para nunca mais a esquecermos. O primeiro amor voa quando mexemos o braço. Às vezes volta. Mas muitas vezes segue para longe e deixa-nos apenas o cheiro, a memória, o vazio.

Talvez não possamos viver agarrados a ele. Talvez não seja bom para nós tê-lo como exemplo para amores futuros, relações presentes. Talvez o primeiro amor seja apenas uma experiência para outros, uma forma de sabermos o que não podemos repetir, uma maneira de aprendermos a lidar connosco próprios. Ou talvez não seja nada disto.

Talvez o primeiro amor seja eterno, talvez seja a base para tudo o resto, talvez se sente à nossa direita observando os amores que então passam...

E quando há o reencontro? Em que sentimos que verdadeiramente só amamos o primeiro. Haverá amor como o primeiro?

Há 7 meses atrás enviei-te um mail com este texto ... mas, só hoje, acho que estou pronta para responder a esta pergunta ... resposta que levei anos a encontrar! Não, não há amor como o primeiro ... não que os que vêm depois não sejam um amor cru que nos impede de falar, de raciocinar ...  mas pela inocência, pela magia da idade!

Hoje sei, que serás sempre o meu grande amor ... mas um amor que ficou no passado, que jamais (digo eu) poderá ser recuperado, porque nós mudámos, porque pensamos diferente ... pelas nossas experiências de vida!

Tentei recuperar esse primeiro amor, tentei vivê-lo como na adolescência e sabes, fui feliz ... fizes-te-me feliz ... apareces-te na hora que precisava (e vou sempre agradecer-te) e, talvez por isso, achei que poderiamos recuperar algo que tinha ficado inacabado, que de facto não tinha tido um "the end"! E nessa tentativa, talvez desesperada, irracional, impensada ... acabei por me deixar levar pela onda de um amor que, sendo o primeiro, tem um peso muito grande!

Vivi 7 meses de plena felicidade, mas não seria essa felicidade apenas um escape para voos mais altos? Foi o inicio do meu voo, do novo EU! Foram 7 ... poderiam ter sido mais ... mas a distância entre nós começou a ser enorme ... muitas vezes me disses-te que era uma pessoa dois passos à frente de todos os outros, que via e pensava a (na) vida de diferente maneira e poucas pessoas me conseguiriam acompanhar ... e, também tu não me acompanhas-te ... tantas vezes te disse que precisava de alguém que voasse ao meu lado e não (apesar de me dar liberdade para voar) apenas que ficasse em terra a admirar-me!

Podes não ser o amor da minha vida, podemos nunca mais nos cruzar-mos nesta rua do amor ... mas algo nunca se apagará ... que foste o meu primeiro grande amor e por isso, e por tudo o que vivemos num passado recente ... serás sempre muito especial para mim!

05
Mar08

Poema ...

pensamentos.a.nu

Navegando pela net ... descobri um poema que traduz algo do que já senti e sinto.

Aqui partilho e dedico a todos ... em especial a alguém a quem já tinha dito mais ou menos isto mas sem ser em poema ... a uma nova amiga bloguista ... http://catarinaleal.blogs.sapo.p

"Quando me amei de verdade,
pude compreender
que em qualquer circunstância,
eu estava no lugar certo,
na hora certa.
Então pude relaxar.

Quando me amei de verdade,
pude perceber que o
sofrimento emocional é um sinal
de que estou indo contra a minha verdade.

Quando me amei de verdade,
parei de desejar que a minha vida
fosse diferente e comecei a ver
que tudo o que acontece contribui
para o meu crescimento.

Quando me amei de verdade,
comecei a perceber como
é ofensivo tentar forçar alguma coisa
ou alguém que ainda não está preparado
- inclusive eu mesma.

Quando me amei de verdade,
comecei a me livrar de tudo
que não fosse saudável.
Isso quer dizer: pessoas, tarefas,
crenças e - qualquer coisa que
me pusesse pra baixo.
Minha razão chamou isso de egoismo.
Mas hoje eu sei que é amor-próprio.

Quando me amei de verdade,
deixei de temer meu tempo livre
e desisti de fazer planos.
Hoje faço o que acho certo
e no meu próprio ritmo.
Como isso é bom!

Quando me amei de verdade,
desisti de querer ter sempre razão,
e com isso errei muito menos vezes.

Quando me amei de verdade,
desisti de ficar revivendo o passado
e de me preocupar com o futuro.
Isso me mantém no presente,
que é onde a vida acontece.

Quando me amei de verdade,
percebi que a minha mente
pode me atormentar e me decepcionar.
Mas quando eu a coloco
a serviço do meu coração,
ela se torna uma grande e valiosa aliada."

Kim McMillen

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D