Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pensamentos a Nu

Os meus pensamentos mais pessoais ... um pouco de mim ...

Pensamentos a Nu

Os meus pensamentos mais pessoais ... um pouco de mim ...

24
Abr08

Tenho que ... mas não consigo!

pensamentos.a.nu

Tenho que te ... tenho que me afastar ... tenho que ter forças ... tenho que ter coragem!

Não posso mais viver nesta "fantasia", não me posso iludir mais!

Eu sei que tu me amas, ao teu jeito, mas amas, mas começo a achar que sou demasiado exigente e o que me dás é pouco para mim! Eu quero mais, eu preciso de mais! Não posso continuar à espera 24h/dia por noticias tuas, passar perto do teu trabalho só para me sentir mais perto de ti, olhar vezes sem conta para o telemóvel (e ele não há meio de tocar), olhar para todos os lados por onde passo e, em cada pessoa ver um pedacinho de ti!

Sinto-me a enlouquecer ... será isto o amor? Sim, é de facto amor o que sinto por ti mas, por maior que ele seja, não posso deixar de ser eu, entendes??

Enquanto penso e relembro tudo o que já vivemos ... sorrio ao mesmo tempo que as lágrimas rolam pelo meu rosto ... um emaranhado de sentimentos me invadem ... às vezes até acho que a raiva é maior que o amor mas, quando te vejo, quando me olhas nos olhos ... fico sem reação, sem noção da realidade... o tempo pára naquele instante, tudo à minha volta deixa de fazer sentido ...

Sinto tanto a tua falta meu anjo! Mas, como já te disse vezes sem conta, por muito que isso me doa, prefiro amar-te em silêncio no meu cantinho, do que viver com esta angústia, com esta vontade quase incontrolável de gritar para o mundo que te amo!

Não, continua a não ser um ponto final ... serão mais reticências e sabes porquê? Porque me recuso a acreditar que a nossa hitória acaba agora, assim ... duas pessoas que estão separadas mas que se amam ... recuso-me ... a vida não pode ser assim tão injusta, pode? Tenho esperança que um dia a tempestade vai acabar, vai passar!

Sabes do que tenho tido mais saudades? De me fazeres rir, de eu te fazer rir, de rir-mos juntos de coisas banais ... ainda te lembras o quanto nos divertimos? O quanto conseguiamos rir e reflectir sobre coisas sérias ao mesmo tempo? Lembras-te o quanto adorávamos aquelas nossas conversas, com o Rio Douro mesmo ali a escutar tudo? Esse Rio, testemunha de como tudo começou ... testemunha do nosso amor!

Que mais este rio testemunhará sobre nós???????????????

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D