Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pensamentos a Nu

Os meus pensamentos mais pessoais ... um pouco de mim ...

Pensamentos a Nu

Os meus pensamentos mais pessoais ... um pouco de mim ...

04
Mai08

Perdida ...

pensamentos.a.nu

Sinto-me perdida ... desfeita em pedaços!

Já não sei sorrir ... não tenho vontade ... perdi a luz dos teus olhos, a força da tua mão, o calor do teu corpo, a tua garra para vencer!

Não tenho vontade para lutar ... olho este mar imenso à minha frente ... apetece-me entrar por ele dentro ... libertar-me desta dor imensa que me consome por dentro ... corrói-me os ossos, os músculos, a pele ... sinto-me vazia, perdida dentro de mim!

Dúvidas. Dúvidas. Dúvidas ... tenho tantas ... assombram-me e não me deixam ter a certeza que fiz o melhor, pelo menos para mim ... talvez o seja para ti! Libertei-te deste amor prisioneiro, deste amor proibido!

Será que tudo isto te dói tanto quanto a mim? Será que sentes o teu peito a arder, uma dor tão forte que quase não consegues respirar? Será meu amor? Será que me amas tanto assim?

Que vontade imensa tenho de te ouvir, de te ver, de te tocar, de sentir uma vez mais que és meu, que o mundo pára para ver o nosso amor!

Queria tanto que sentisses esta vontade, este mesmo amor!

Que futuro terão estas nossas humildes vidas? Que futuro teremos nós? Por muito que pensar, sequer, nisso me doa ... será que tudo termina aqui ... tudo termina assim ... mesmo sem ponto final? E, esta tempestade que sinto dentro de mim ... algum dia passará?Provavelmente sim. De novo traçarei planos na minha vida, novos caminhos, novos rumos, novos objectivos. Neste momento, não por mim, mas pelo meu tesouro ... é por ele que me levanto, que vou vivendo, ou melhor, sobrevivendo! Eu, já não tenho vontade de lutar ... lutar porquê se já nem eu acredito em mim? Se abandonei a luta pelo teu amor? Sinto-me uma fraude!

Fui cobarde, fui fraca e sofro por isso! Arrisco-me a ver-te feliz ao lado de outro alguém ... alguém que lute por ti, alguém que não desista como eu! E que sejas de facto feliz ... tu mereces, és um lutador!

Se algum dia (próximo ou longe) o destino cruzar os nossos caminhos ... que não haja rancor, raiva entre nós ... afinal fomos felizes!

Esta partida que a vida me pregou ... além de me fazer sofrer como há muito não sofria (e dói como o caraças), fez-me também crescer e aprender... por isso, nem tudo é negativo! E AMAR-TE como te amo é imensamente positivo!

Tenho esperança que a vida, um dia, seja justa comigo ... afinal não pode ser sempre injusta para os mesmos, ou pode? Sim, eu sei que tenho que lutar por isso mas, por agora, não tenho forças! Por agora, vou ficar na minha concha, no meu casulo a "curtir" a minha dor, a dor de te ter perdido ... a curtir o amor "proibido" que sinto por ti!

Amo-te Di!

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D