Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pensamentos a Nu

Os meus pensamentos mais pessoais ... um pouco de mim ...

Pensamentos a Nu

Os meus pensamentos mais pessoais ... um pouco de mim ...

28
Abr08

Pouco ou q.b?

pensamentos.a.nu

Já algumas vezes disse aqui que o que dás é pouco para mim ... mas sabes quando e porquê digo isso? Quando a tua ausência me magoa, porque a tua ausência me dói! Quando me dou conta que me fazes falta ... mais do que eu queria! Mas sabes, o que me dás e quando me dás ... é tão bom, é tão superior a tudo ... é tão mágico!

No Domingo, fomos tão felizes amor! Aqueles momentos, banais por sinal, foram tão intensos ... e mesmo sendo banais nunca o tinhamos feito com ninguém, não é? O cenário era perfeito: o sol, a esplanada, o mar ao fundo e nós ... só nós dois ...nada mais existia ao nosso redor, parece que o mundo parou para apreciar a nossa felicidade! E que felizes estávamos ... pareciamos duas crianças! Depois trocamos o sol pela lua, a esplanada pela areia ... e sentimos o mar ao nosso lado mas, o estado de felicidade manteve-se!

Como é evidente, para quem lê isto ... não te consigo renunciar ... não consigo porque decidi que não quero! Fazes-me bem demais para me afastar de ti ... prefiro o "pouco" que me dás do que deixar de te ter! Entre a vontade de te ter e o que de facto deveria fazer (afastar-me) encontrei o equilibrio ... enquanto conseguir viver neste meio termo vou-me deixando levar ... vou-me permitindo ser feliz! Claro que nem sempre consigo ser coerente ... a tua ausência provoca um enorme vazio dentro de mim e, provavelmente, mais post contraditórios a este irei escrever mas ... o amor não é isto mesmo? Temos certeza de quem amámos mas, nem sempre temos a certeza qual o caminho a tomar e, como se costuma dizer, quando achamos que temos todas as respostas, vem a vida e muda todas as perguntas!

"Não queria ser na tua vida o início do fim, nem o fim de um começo, mas o início de um começo sem fim ..."

11
Abr08

A tua ausência

pensamentos.a.nu
O meu mundo caiu no instante em que me vi sem ti ...

E o que faço eu com esta saudade???? Como acalmo meu coração???? Como sigo em frente se me falta a luz dos teus olhos para me guiar???? Se me falta a tua mão para me agarrar???? O que queres que faça com tudo o que sinto???? Não posso simplesmente arrancar do meu peito o que, com jeitinho e delicadeza, conseguis-te lá depositar!

Como faço Di, como faço?

Como acalmo esta vontade, quase louca, de te abraçar, de estar contigo, de simplesmente me deliciar a olhar para ti????

Qualquer coisa, por mais banal que seja ... me faz lembrar de ti... lembrar? Não sei se será lembrar pois afinal eu não páro de pensar em ti ... porra ... entras-te mesmo!!!!

Pedes-me para ter calma, para ter paciência que irei entender tudo ... que me irás dar as explicações que mereço, olhos nos olhos, e que te irei entender ... e a mim meu anjo, quem entende???? Tu entendes esta minha dor???? Entendes este meu sofrimento???? Tu dizes que sim mas sabes, estou a sentir-me tão sozinha ... tão só ... e pergunto-me tantas vezes ... podia evitar sentir o que estou a sentir???? Seria tão mais fácil descobrir que afinal tudo não passou de uma ilusão ... que afinal nunca te amei na realidade ... mas não é nada disso!

Sei que ainda ontem te magoei ... fui bruta contigo, mas sabes porque o fiz???? Para que não percebesses o quanto estou a sofrer, o quanto a tua ausência me dói, o quanto te amo!

Pedis-te-me para não te esquecer, para não esquecer que me amas ... não me faças esquecer, não me faças sequer, querer esquecer o que sinto por ti.

Por muito que tudo isto me doa, eu não sou de desistir ... e quem sabe, isto não é uma prova (de fogo) para o que sentimos um pelo outro???? Quem sabe não é uma partida da vida para ver se realmente é "isto" que queremos????

Vou estar atenta aos sinais que a vida me der ... eu sei que na altura certa saberemos que rumo tomar!

Entretanto ... fico aqui no meu canto, relembrando os nossos momentos e amando-te em silêncio!!!!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D